Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

“Pagas-me e vou-me embora”, terá dito Sérgio Ramos a Florentino

Segundo o jornal “Marca”, o central espanhol discutiu violentamente com o presidente do Real Madrid numa reunião após a derrota com o Ajax, em casa

Zuba Ortiz

Etsuo Hara

Partilhar

Depois do 4-1 frente ao Ajax, os ânimos estavam exaltados no balneário do Santiago Bernabéu e a discussão entre Sérgio Ramos e Florentino Pérez foi um foi um exemplo da época frustrante dos merengues.

Segundo o jornal “Marca”, o presidente culpou os jogadores pela eliminação na Liga dos Campeões, falando da paupérrima condição física e acusando as folgas de Solari dadas ao plantel como causa para o descalabro. Só que o capitão da equipa não se terá ficado, e respondeu de imediato dizendo que a culpa também era dos dirigentes que planearam esta época de maneira tão deficiente. Em determinado ponto, o central chegou a dizer que deixaria o clube: “pagas-me e vou-me embora”, disse Ramos de acordo com desportivo espanhol.

A discussão acontece no pior momento da equipa espanhola na temporada: a equipa já estava eliminada da Taça do Rei, está agora fora da Liga dos Campeões e a 12 pontos do Barcelona na liga espanhola. Há muitos rumores que dão como certo o despedimento de Santiago Solari.