Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Quem tem Bernardo, tem tudo: português decisivo na reviravolta do Man. City na Taça de Inglaterra

O City esteve a perder por 2-0 frente ao Swansea, do segundo escalão do futebol inglês, mas conseguiu virar para 3-2 na 2.ª parte, apurando-se assim para as meias-finais da competição. Bernardo Silva marcou o primeiro do City e deu mais um a marcar a Sergio Aguero

Tribuna Expresso

Nick Potts - PA Images/Getty

Partilhar

Renovou esta semana, para gáudio de Pep Guardiola que nunca se farta de lhe tecer elogios, e já começou a fazer valer o novo contrato. Bernardo Silva foi decisivo na reviravolta do Manchester City em Swansea, nos quartos de final da Taça de Inglaterra.

O City entrou mal e aos 29 minutos já perdia por 2-0 com a equipa do segundo escalão do futebol inglês, com golos de Grimes, de grande penalidade, aos 20’ e de Bersant Celina, kosovar formado na equipa de Manchester.

A reação da equipa de Guardiola só apareceu na 2.ª parte e no talento de Bernardo Silva, que aos 69’, num remate de trivela sem hipóteses para o guardião Kristoffer Nordfeldt. O dono da baliza do Swansea teria um enorme momento de azar aos 78 minutos, quando Sergio Aguero atirou uma grande penalidade ao poste. Mas no ressalto a bola embateu no guarda-redes e acabou por entrar.

Seria do argentino o golo que confirmaria a reviravolta, a dois minutos dos 90’, num cabeceamento perfeito como resposta a um cruzamento não menos perfeito de Bernardo Silva.