Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

FIFA. Chelsea vai continuar sem ir às compras até julho de 2020

O Comité de Recurso do organismo que rege o futebol mundial manteve a decisão anunciada em 22 de fevereiro pelo Comité Disciplinar, mas autorizou o clube londrino a contratar jogadores com menos de 16 anos

Lusa

Justin Setterfield

Partilhar

A FIFA rejeitou esta quarta-feira o recurso do Chelsea à proibição imposta em fevereiro passado de contratar futebolistas até à janela de transferências de julho de 2020, por infringir os regulamentos na contratação de jogadores menores de idade.

O Comité de Recurso do organismo que rege o futebol mundial manteve a decisão anunciada em 22 de fevereiro pelo Comité Disciplinar, mas autorizou o clube londrino a contratar jogadores com menos de 16 anos.

O clube londrino, que segundo a FIFA cometeu irregularidades na contratação de 29 futebolistas, pode recorrer agora para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), tendo a apresentação do recurso efeito suspensivo na decisão.