Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

UEFA vende recorde de três milhões de bilhetes para o Euro 2020 a partir de quarta-feira

O Euro2020 vai ser disputado em 12 cidades: Amesterdão, Baku, Bilbau, Bucareste, Budapeste, Copenhaga, Dublin, Glasgow, Londres, Munique, Roma e São Petersburgo

Lusa

Alexander Demianchuk

Partilhar

O campeonato da Europa de futebol de 2020 vai ter um recorde de lotação, sendo que metade dos três milhões totais distribuídos pelas 12 cidades-sede vai ser posta à venda a partir de quarta-feira.

Para assistir ao vivo ao 60.º aniversário de existência do Europeu, a UEFA vai disponibilizar ingressos a partir de 30 euros e metade vão estar apenas disponíveis no site euro2020.com/tickets, na primeira fase de vendas, entre quarta-feira e 12 de julho.

Depois, um número superior em 50% face ao que aconteceu no Euro2016 de França, haverá mais duas fases para aquisição dos bilhetes, que terão inscritos a expressão “Live it. For Real”.

O Euro2020 vai ser disputado em 12 cidades: Amesterdão, Baku, Bilbau, Bucareste, Budapeste, Copenhaga, Dublin, Glasgow, Londres, Munique, Roma e São Petersburgo.

Para dezembro está marcada a segunda época de venda com mais um milhão de bilhetes para os adeptos das seleções apuradas, e cujo sorteio competitivo decorre em 30 de novembro.

Em abril de 2020, quando as derradeiras quatro equipas estiverem apuradas, após os ‘play-off’ entre 26 e 31 de março, o processo fica completo com os últimos lugares.

Ao todo, haverá um milhão de ingressos com preço até 50 euros para 44 dos jogos e um total de 40 mil a menos de 100 euros para as meias-finais e a final, que se disputam em Londres.

Os preços respeitarão o poder de compra e salário médio dos países que recebem os encontros, sendo mais baratos para Baku, Bucareste e Budapeste.

A UEFA aposta no sistema de venda de bilhetes individuais, mas também no “Follow my Team” (sigo a minha equipa), que inclui várias entradas que acompanham os desafios das respetivas seleções: se uma formação for afastada antes da segunda fase, o adepto é reembolsado a 100%.

Quando a procura superar a oferta, a UEFA vai promover um sorteio, sendo que quem não conseguir para a primeira fase terá prioridade quando a competição for a eliminar.

Os adeptos portadores de algum tipo de deficiência terão lugares da categoria mais económica, independentemente da localização no estádio, e podem pedir um assento gratuito para um acompanhante.

Vai estar ainda assegurada uma plataforma, oficial, para revenda de bilhetes, pelo seu valor facial.