Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

O menino já foi apresentado no Atlético de Madrid: "Estou aqui para fazer a minha história, para ser lembrado como o João Félix"

Disse, outra vez, que pouco se importa com os 126 milhões de euros que custou: "É uma coisa do mercado, não me interessa". João Félix foi esta segunda-feira apresentado oficialmente como jogador do Atlético de Madrid e disse que quer "simplesmente" fazer o seu trabalho e jogar

Tribuna Expresso

Partilhar

12h31: Falou com Cristiano Ronaldo?

"Atualmente é o melhor do mundo, se calhar o melhor de sempre. Quando estávamos na seleção falámos muito de Madrid, ele disse que gostou muito. Mas estou aqui para fazer a minha história e para ser lembrado como o João Félix. O Cristiano é o Cristiano, eu sou o João".

E a pressão de substituir Antoine Griezmann?

"Desligo um bocado disso, não ouço nem leio nada. Limito-me a fazer o meu trabalho e a dar o melhor possível"

12h29: A saída de Portugal e do Benfica

"Foi difícil deixar as pessoas com quem passei um ano, de quem gostei muito. Não é fácil sair de Portugal e deixar a minha casa, mas todos me desejaram sorte e disseram que iam torcer por mim. Também vou estar sempre a torcer por eles. Recebi mensagens de todos os jogadores. Não vai ser fácil sair do pais, mas os meus pais e os meus amigos vão estar sempre a acompanhar. Sozinho nunca vou estar".

Sobre Bruno Lage:

"O mister Bruno Lage foi muito especial para mim. Foi quem me meteu lá dentro de verdade, quem apostou em mim. Ele disse numa entrevista que quando vinha a caminho do estádio só tinha duas ideias: a tática e que eu ia jogar."

12h27: Sobre o encontro contra o maior rival, daqui a semanas, numa digressão pelos EUA: "O Real Madrid, como sabemos, é um grande clube. Estando no Atlético será sempre um jogo especial. É um rival direto".

12h26: "O tema dos valores é uma coisa do mercado, não me interessa. Quero simplesmente jogar e fazer o meu trabalho. O que me interessa é ajudar o clube. Não presto muita atenção, ou nenhuma, ao assunto do valor da transferência".

"Receberam-me muito bem, como já disse. Acolheram-me da melhor forma possível, o que é bom, porque assim consigo integrar-me da melhor forma possível".

12h24: Agora, finalmente, João Félix diz umas palavras: "Quero agradecer a estas duas lendas do Atlético e ao Miguel Ángel pela oportunidade de estar aqui. Agradeço também aos meus pais. Estou aqui para dar tudo pelo clube.

12h23: Paulo Futre:"Bom dia, é uma honra estar aqui. Durante anos ouvi que o menino de ouro iria sempre para o Real, o Barça, o PSG ou a Juve. Quando vi que vinha para aqui foi uma festa incrível. Como colchonero e português, estou muito contente. Tem tudo para triunfar, tem talento, tem caráter. No Benfica, cada partida que jogou foi uma final. Creio que o João está preparadíssimo."

12h20: São chamadas ao palco duas lendas do Atlético para reforçar o simbolismo do evento: Abelardo Rodríguez e Paulo Futre.

12h17: Eis as primeiras palavras, muito breves, porque o clube decide logo mostrar um vídeo dos melhores momentos do português ao serviço do Benfica: "Estou muito contente por fazer parte deste projeto e deste clube. Os meus colegas receberam-me muito bem."

12h15: João Félix já está em palco, de camisa branca, cara tímida, à espera que lhe façam perguntas.