Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Uma vez em França: trocaram o hino da Albânia pelo de Andorra, speaker pediu desculpas à Arménia, jogo esteve para não começar

Logo no primeiro acorde, é possível ver na cara dos jogadores albaneses que alguma coisa de muito errado ali se passava: aquele não era o hino deles, mas o de outro país qualquer, e o desconforto era visível. Ainda assim, o hino, que era de Andorra, continuou até final e seguiu-se a Marselhesa, da anfitriã França - e os albaneses não gostaram e recusaram-se a jogar, considerando aquilo uma falta de respeito, exigindo que o hino deles soasse no estádio. Assim foi. Só que as asneiras não ficaram por ali: o speaker do Stade de France pediu desculpas à Arménia e não à Albânia. Questões geográficas. P.S. Os franceses ganharam 4-1 neste jogo de qualificação para o Euro2020

Partilhar