Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Manchester City perde em Norwich e deixa fugir o Liverpool

Com este desaire, o primeiro na Premier League, o City mantém-se com 10 pontos e está agora a cinco do líder Liverpool. Já o Wolverhampton perdeu com o Chelsea

tribuna expresso e lusa

ALAN WALTER

Partilhar

O campeão Manchester City averbou hoje a primeira derrota na liga inglesa de futebol, no terreno do Norwich, por 3-2, e perdeu terreno para o líder Liverpool na quinta jornada da prova.

Em vésperas da estreia no grupo C da Liga dos Campeões, perante o Shakhtar Donetsk, treinado por Luís Castro, os 'citizens' foram surpreendidos com golos de Kenny McClean e Todd Cantwell, aos 18 e 28 minutos.

Os bicampeões ingleses reduziram por intermédio do argentino Sergio Agüero, aos 45 minutos, na sequência de uma assistência do internacional português Bernardo Silva, titular na formação de Pep Guardiola, mas o finlandês Teemu Pukki marcou o terceiro dos 'canaries', aos 50, antes de o espanhol Rodri reduzir, aos 88.

Com este desaire, o primeiro na 'Premier League', o City mantém-se com 10 pontos e está agora a cinco do líder Liverpool, que hoje manteve o início perfeito na competição e somou a quinta vitória no mesmo número de jornadas, depois de operar a reviravolta sobre o Newcastle e triunfar por 3-1.

O holandês Jetro Willems adiantou os forasteiros, aos sete minutos, mas os 'reds' viraram o resultado ainda na primeira parte, graças a um 'bis' do senegalês Sadio Mané, que faturou aos 28 e 40 minutos, antes de o egípcio Mohamed Salah acabar com as dúvidas, aos 73.

Wolverhampton goleado

O Wolverhampton, treinado pelo português Nuno Espírito Santo, foi goleado por 5-2 pelo Chelsea, antes da visita ao Sporting de Braga, para a Liga Europa, num encontro em que Tammy Abraham apontou um 'hat-trick', aos 34, 41 e 56 minutos, já depois de Fikayo Tomori ter inaugurado o marcador para os londrinos, aos 31.

Os 'wolves', que tiveram os portugueses Rui Patrício, Rúben Neves, João Moutinho e Diogo Jota de início, reduziram através de um autogolo de Abraham e um golo do italiano Patrick Cutrone, aos 70 e 85 minutos, respetivamente, mas Mason Mount consumou a goleada dos 'blues', aos 90+6.

A equipa de Nuno Espírito Santo continua sem vencer na 'Premier League' e segue na zona de despromoção, com três pontos, enquanto o Chelsea subiu ao sexto posto, com oito, os mesmos do rival Tottenham, que também conseguiu um triunfo volumoso sobre o Crystal Palace, por 4-0, depois de três jogos sem vencer na prova.

Os 'spurs' resolveram a questão na primeira parte, com dois golos do sul-coreano Heung-Min Son, aos 10 e 23 minutos, um de Patrick van Aanholt, na própria baliza, aos 21, e outro do argentino Erik Lamela, aos 42.

O Manchester United é outra das equipas com oito pontos, após ter vencido por 1-0 o Leicester -- que tem a mesma pontuação - graças a uma grande penalidade convertida por Marcus Rashford, aos oito minutos, numa partida em que o português Ricardo Pereira foi titular nos 'foxes'.

Um golo de Jeff Hendrick, aos 90+1 minutos, garantiu o empate 1-1 do Burnley na visita ao Brighton, que tinha marcado por Neal Maupay, aos 51, enquanto o Southampton foi a Sheffield vencer o United, por 1-0, com um tento do maliano Moussa Djenepo, aos 66.

O lateral internacional luso Cédric Soares foi titular nos 'saints'.