Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

“A idade é apenas um número. Quero ganhar jogos, desfrutar, ir para casa e ver os meus filhos. É o que me deixa feliz”

Cristiano Ronaldo quer contrariar aqueles que dizem que pode estar perto do final da carreira

Lusa

Daniele Badolato - Juventus FC

Partilhar

O futebolista português Cristiano Ronaldo, de 34 anos, afirmou esta segunda-feira que a Juventus melhorou com a chegada de Maurizio Sarri e lembrou que a idade "é apenas um número", negando qualquer possibilidade de terminar a carreira num futuro próximo.

"A idade é apenas um número. Consigo demonstrar isso através das exibições. Ter 34, 35 ou 36 anos não significa necessariamente que se está perto do fim da carreira", afirmou Ronaldo em Turim, na conferência de imprensa de antevisão do duelo de terça-feira entre Juventus e Lokomotiv Moscovo, do Grupo D da Liga dos Campeões.

Ronaldo considerou que, com Sarri no comando técnico desde o início da temporada, a equipa tem melhorado e admitiu que tem mais liberdade no ataque desde a chegada do novo treinador.

"Temos cada vez mais confiança em nós. Estamos a jogar um futebol diferente, mais ofensivo. O meu papel não mudou, mas talvez tenha mais liberdade. Temos um treinador diferente, um sistema diferente, novos jogadores e estamos a melhorar. Isso agrada-me", referiu.

O avançado português assumiu que está a passar uma boa fase na Juventus, tanto a nível pessoal como profissional, e que continua motivado para continuar a jogar.

"Quero ganhar jogos, desfrutar, ir para casa e ver os meus filhos. É o que me deixa feliz. É isso que me motiva para treinar, jogar e entreter os adeptos", confessou o capitão da seleção portuguesa.

Na sua segunda época no emblema de Turim, Ronaldo leva cinco golos marcados em nove jogos na Serie A e na Liga dos Campeões.

Lusa