Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Ronaldo salva Juventus já nos descontos

A equipa de Turim mantém-se como líder do campeonato italiano, com uma vitória arrancada a ferros, já nos descontos

tribuna expresso e lusa

ALESSANDRO DI MARCO

Partilhar

Cristiano Ronaldo, com um golo decisivo de grande penalidade aos 90+6 minutos, foi esta quarta-feira decisivo na 'suada' vitória da Juventus sobre o Génova (2-1), que mantém a equipa de Turim como líder do campeonato italiano de futebol.

O goleador português foi dos mais inconformados no estádio Allianz de Turim e, para lá do minuto 90, viu um golo anulado por fora de jogo, após consulta ao vídeoárbitro.

Aos 90+4 ganhou uma grande penalidade, ao ser derrubado por Sanabria, e, com seis minutos para lá dos descontos, anotou o golo da vitória, não havendo já nada para fazer por parte do Génova, que tudo fez para conseguir o que seria a surpresa desta 10.ª jornada da Série A.

Leonardo Bonucci, de cabeça, após canto, adiantou a Juventus, aos 36 minutos, após o que o Génova repôs a igualdade, aos 40, através de Christian Kouamé.

O jogo foi de pior qualidade na segunda parte, com muitas perdidas da Juventus e um ambiente conflituoso, que acabou por gerar três expulsões, duas para o Génova e uma para a 'Juve', que reassumiu a liderança do campeonato com 26 pontos, mais um do que o Inter.

Em terceiro continua a Atalanta, com 21 pontos, depois de um importante empate (2-2) no terreno do Nápoles (sexto, com 18 pontos).

O quarto lugar é da Roma, treinada pelo português Paulo Fonseca, que goleou por 4-0 em Udine, com golos de Zaniolo, Smalling, Kluivert e Kolarov.

Uma demonstração de força dos romanos, a jogar com menos um desde o minuto 31, por expulsão de Fazio, quando ainda só ganhavam por 1-0. Chegam aos 19 pontos e aproximam-se do segundo lugar.