Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Jesus tropeça no Brasileirão e perde Gabigol para o próximo jogo

Flamengo esteve a ganhar por 2-0 frente ao Goiás, mas deixou-se empatar e perdeu terreno para o Palmeiras. Gabigol recebeu um amarelo por protestos e é baixa para o importante jogo com o Corinthians, no domingo

Tribuna Expresso

Sergio Moraes

Partilhar

O Flamengo empatou na quinta-feira com o Goiás por 2-2 e perdeu terreno para o Palmeiras, que está agora a 8 pontos do clube treinado por Jorge Jesus.

Os líderes do campeonato deixaram escapar uma vantagem de 2-0, depois de golos de Gabigol, aos 55' e de Rodrigo Caio aos 63'. Mas num jogo muito tenso e cheio de escaramuças, a equipa de Jorge Jesus deixou que o Goiás chegasse ao empate já nos 15 minutos finais. Rafael Moura reduziu aos 77' e já bem para lá dos 90', Michael fez o 2-2, numa altura em que o Flamengo já jogava com menos um, depois da expulsão do guarda-redes César.

As enumeras situações de confusão fizeram ainda outra "vítima": Gabigol recebeu amarelo por protestos e é baixa para o importante encontro com o Corinthians, no domingo. O jogador envolveu-se ainda numa discussão com o colega de equipa Arão no final do jogo, situação que deixou Jorge Jesus nada satisfeito com o melhor marcador da sua equipa.

"Os grandes jogadores não o são apenas tecnicamente e taticamente, também são os que têm o equilíbrio emocional acima do normal. Esse é um aspecto que o Gabigol tem que trabalhar", sublinhou o técnico português.

Já sobre o jogo, Jesus assumiu que não estava à espera da reação do Goiás nos últimos minutos.

"Tanto eu como a equipa não estávamos à espera que pudesse acontecer uma volta no resultado. O futebol tem destas coisas imprevisíveis. Poderíamos ter saído daqui com três pontos e nitidamente perdemos dois pontos porque nos últimos 15 minutos não conseguimos ter equilíbrio emocional. Fomos surpreendidos com as duas possibilidades de golo do Goiás. Mas são 20 jogos que a equipa não perde".