Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Na noite de 21 de janeiro, Ashley Cole foi amarrado a uma cadeira enquanto vários assaltantes lhe roubaram a casa

O relato de uma noite complicada para o antigo defesa internacional inglês

Tribuna Expresso

Darren Walsh

Partilhar

O incidente ocorreu a 21 de janeiro, mas o "The Sun" revela esta quarta-feira, 1 de abril, o que se terá passado dentro da casa de Ashley Cole, ex-internacional inglês, numa noite dramática.

O jornal inglês socorre-se de um testemunho que exemplifica, passo a passo, o que terá sucedido. Foi assim: um grupo de homens entrou na mansão por volta das 21h45 de Ashley Cole, que foi amarrado a uma cadeira, enquanto os invasores reviraram a habitação, levando joias que eram suas.

"Eles sabiam muito bem o que estavam a fazer. O Ashley Cole é uma das pessoas com maior estatuto a viver aqui e a propriedade dele é moderna, segura... Os invasores devem ter tido alguma ajuda", refere a tal testemunha.

Já a polícia de Surrey, através do seu porta-voz, fez o resumo dos aconteceimentos: "Os assaltantes invadiram a propriedade pelas portas traseiras por volta das 21h45. Os suspeitos revistaram a propriedade, antes de fugirem com uma grande quantidade de joias. Foram vistos com roupas escuras, luvas e máscaras. A investigação prossegue em aberto."