Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Eric Dier acusado de conduta "imprópria e ameaçadora" pela FA

O internacional inglês Eric Dier, treinado por José Mourinho no Tottenham, foi esta quinta-feira acusado de conduta imprópria pela Associação Inglesa de futebol (FA), por ter subido às bancadas para confrontar adepto que se desentendeu com o seu irmão

Lusa

Annegret Hilse

Partilhar

O internacional inglês Eric Dier, treinado por José Mourinho no Tottenham, foi esta quinta-feira acusado de conduta imprópria pela Associação Inglesa de futebol (FA), por ter subido às bancadas para confrontar adepto que se desentendeu com o seu irmão.

A acusação ao médio defensivo, de 26 anos, companheiro de equipa de Gedson Fernandes nos 'Spurs', diz respeito ao final encontro dos oitavos de final da Taça de Inglaterra, diante do Norwich, quando Dier, após a eliminação da equipa no desempate por grandes penalidades, saltou os painéis publicitários e galgou várias filas de assentos do novo Estádio do Tottenham para confrontar o adepto.

O organismo considerou que a atitude do médio formado no Sporting no encontro de 04 de março foi "imprópria e ameaçadora", dando ao jogador até 08 de maio para responder à acusação. Após o desafio, o técnico luso colocou-se ao lado do seu atleta, apesar de reconhecer que a reação de Dier não deveria ter sido aquela.

"O Eric Dier fez aquilo que nós, enquanto profissionais, não devemos fazer, mas que, nestas circunstâncias, todos nós faríamos. Quando alguém te insulta ou a tua família está envolvida, especialmente o teu irmão mais novo... A pessoa em questão insultou o Eric, o irmão mais novo dele", disse, então, José Mourinho.