Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Messi e Rapinoe continuarão a ter o título de melhores do mundo. FIFA cancela os prémios The Best

Perante a suspensão das provas de futebol e o cancelamento de algumas, a FIFA terá decidido, noticia o jornal "Marca", não realizar a cerimónia dos prémios "The Best" em 2020, que estava agendada para setembro

Tribuna Expresso

Michael Regan - FIFA

Partilhar

Desde há três anos, quando a revista "France Football" e a FIFA deixaram de atribuir, conjuntamente, a Bola de Ouro para distinguir a melhor individualidade num desporto coletivo, que a entidade que manda no futebol arranjou decidiu criar um troféu próprio e alterou um pouco as contas que temos de fazer a esta vida de prémios e distinções - e, em 2017, passámos a ter uma gala em setembro, chamada "The Best".

Assim, a FIFA criou as suas próprias honras de galardoar jogadores e fixou a cerimónia uns meses antes de a revista francesa organizar o seu evento para batizar um jogador com a Bola de Ouro, que nos anos 50 começou a construir a reputação que tem hoje: ser a distinção mais universalmente aceite para haver um futebolista considerado melhor do que todos os outros.

Portanto, em setembro, ficámos com mais uma gala para muito se falar, discutir, concordar ou discordar de quem foi o jogador que se superiorizou a toda a gente durante a época anterior. Mas, este ano, a FIFA terá alegadamente decidido que não há condições para se chegar a essa conclusão.

O jornal "Marca" avançou, esta quarta-feira, que a entidade já terá decidido pelo cancelamento da cerimónia e dos prémios, que são atribuídos aos melhores jogador, jogadora, treinador e treinadora, guarda-redes e golo. Em 2019, os vencedores foram Lionel Messi, Megan Rapinoe, Jürgen Klopp, Jill Ellis, Alisson, Sari Ven Veenendaal e Daniel Zsori.

A decisão deve-se ao facto de a grande maioria dos campeonatos terem sido suspensos durante quase três meses, ou até cancelados, considerando a entidade que não há condições para destacar quem seja, nem para realizar qualquer tipo de gala. A confirmar-se oficialmente o cancelamento dos prémios e da cerimónia, o único evento que a FIFA manterá, de momento, para 2020, será o Mundial de Clubes, que está agendado para dezembro.