Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Real Madrid pede a adeptos "um esforço" para não festejarem na rua se forem campeões na quinta-feira

O Real Madrid pode chegar ao 34.º título espanhol na quinta-feira, se bater o Villarreal, pelo que pediu aos adeptos para serem responsáveis

tribuna expresso e lusa

Juan Herrero

Partilhar

O Real Madrid, líder da Liga espanhola de futebol, e a uma vitória de garantir o título, pediu hoje aos adeptos que não saiam à rua para celebrar essa possível conquista nos habituais espaços, como a Praça Cibeles.

O apelo, que visa minimizar o risco de contágio de covid-19, numa altura em que os jogos se disputam à porta fechada e grandes concentrações de pessoas estão proibidas, foi feito pelo clube em comunicado.

"Sabemos todos a difícil situação que experienciamos, e os esforços que estão a ser feitos na sociedade para contrariar os efeitos da pandemia de covid-19. O futebol também joga a sua parte nisto e, com a ajuda de todos, pudemos retomar a competição", nota o emblema madrileno.

O Real Madrid pode chegar ao 34.º título espanhol, o primeiro desde 2017, na quinta-feira, se bater o Villarreal, quando faltam duas jornadas para o fim e tem quatro pontos de vantagem sobre o segundo classificado e ainda campeão em título, FC Barcelona.

"Todos devemos fazer um esforço, como tem sido até aqui, e mostrar a maior responsabilidade para evitar o contágio", apontou o clube, que disse ainda que os jogadores não vão visitar os locais habituais de celebração.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 573 mil mortos e infetou mais de 13,12 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Espanha, morreram 28.409 pessoas das mais de 256 mil confirmadas como infetadas.

Mourinho: "Se o Manchester City não é culpado e mesmo assim é multado nuns quantos milhões de euros é uma desgraça"

A decisão de reverter a exclusão do Manchester City das provas europeias de futebol foi criticada por José Mourinho