Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Lampard não gostou da festa do Liverpool: “Não tenho problemas com o Klopp, mas que não sejam demasiado arrogantes”

Num jogo impróprio para cardíacos, apesar do título estar entregue, houve trocas de mimos entre os dois técnicos, com Lampard a reconhecer a justiça da vitória dos Reds no campeonato mas a não gostar de algumas atitudes de jogadores e equipa técnica adversárias

Tribuna Expresso

Phil Noble

Partilhar

O treinador do Chelsea, Frank Lampard, ficou a fumegar depois das celebrações “arrogantes” dos jogadores e equipa técnica do Liverpool, no fim do jogo que os Reds venceram os Blues por 5-3, naquela que foi a penúltima partida da época para ambas as equipas.

Os elementos da equipa campeã de Inglaterra deixaram Lampard chateado com o seu comportamento no banco durante o jogo. O técnico ficou zangado com a decisão de marcar pontapé livre numa alegada falta sobre Sadio Mane e as celebrações do Liverpool quando Alexander-Arnold marcou de forma monumental não caíram bem ao antigo médio da seleção inglesa.

No fim do jogo, Lampard disse à Sky Sports: “Não tenho problemas com o Jurgen Klopp, ele treinou esta equipa, que está fantástica. Algumas pessoas no banco… É uma linha ténue quando estás a ganhar. Eles ganharam a liga, vitória justa do Liverpool, mas não sejam demasiado arrogantes com isso. Em dias de jogo, ficas emotivo, e é isso”.

Lampard e Klopp trocaram algumas palavras em várias alturas do jogo, que foi impróprio para cardíacos apesar do título estar entregue. O treinador dos Reds gesticulou várias vezes para o seu rival e o quarto árbitro teve de intervir para que os técnicos mantivessem a distância de segurança.

Num apontamento pacífico, no fim do jogo, num vídeo publicado no Instagram, o jogador do Liverpool Sadio Mane pode ser visto a abraçar o treinador do Chelsea.