Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Marrocos. O adversário tinha 26 casos de covid-19 no plantel e a equipa de ex-FC Porto não pôde entrar em campo

O Berkane, treinado por Tarik Sektioui, viu o seu jogo com o Ittihad Tânger adiado depois do rival ter anunciado 26 casos positivos do novo coronavírus

Lusa

STR/Getty

Partilhar

O jogo da liga marroquina de futebol entre o Ittihad Tânger e o Berkane, agendado para esta terça-feira, foi adiado para data posterior depois de uma das equipas ter tido 26 casos de covid-19, anunciou a organização da competição.

Atual penúltimo classificado da prova, o Ittihad tem 26 casos de pessoas infetadas com o novo coronavírus, incluído o treinador principal, o espanhol Juan Pedro Benali, mas, mesmo assim a liga marroquina tinha dado inicialmente dado ‘luz verde’ à realização do encontro.

Contudo, poucas horas antes do início da partida, as autoridades da cidade ordenaram que todo o ‘staff’, incluindo jogadores e treinadores, do clube fossem colocados em quarentena, e, por isso, a liga marroquina foi obrigada a adiar o jogo.

O avançado português Carlos Fortes iniciou a temporada ao serviço do Ittihad, mas na suspensão do campeonato devido à pandemia da covod-19, acabou por abandonar o clube, tendo assinado pelo Vilafranquense, da II Liga.

O Berkane é terceiro posicionado em Marrocos e é treinado por Tarik Sektioui, antigo jogador do FC Porto.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 736 mil mortos e infetou mais de 20,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.