Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

A liga francesa ia começar na sexta-feira. Mas já não vai: o Marselha tem quatro infetados com a covid-19

Marselha, de André Villas-Boas, tem quatro casos ativos de covid-19. Jogo com o Saint-Étienne não se realizará por proposta da comissão nacional francesa para a covid-19 e foi adiado para setembro

Tribuna Expresso

GERARD JULIEN/Getty

Partilhar

Marselha e Saint-Étienne seriam os protagonistas do primeiro jogo da época 2020/21 nos principais campeonatos europeus, mas um surto de covid-19 no clube treinado por André Villas-Boas adiou o arranque da temporada. A Ligue 1 confirmou esta terça-feira que o jogo, marcado para sexta-feira, já não se vai realizar depois do Marselha anunciar mais três casos positivos, aos quais se junta outro previamente comunicado.

Numa nota no seu site oficial, a liga francesa, o adiamento do jogo tornou-se necessário depois da comissão nacional para a covid-19 ter indicado ao organizador do campeonato que "o vírus está a circular dentro do Marselha", propondo assim que o jogo não se realizasse.

O encontro vai realizar-se a 16 ou 17 de setembro, sempre tendo em conta a evolução dos casos de covid-19 no clube do sul de França. O arranque da temporada acontecerá com o Bordéus - Nantes, que foi antecipado de sábado às 16h para sexta-feira, às 18h. Além do Marselha - Saint-Étienne, também os jogos que envolvem o Paris Saint-Germains (com o Metz) e o Lyon (com o Montpellier) estão adiados, já que as equipas ainda disputam a final a 8 da Liga dos Campeões.

Nota: notícia atualizada às 12h24 com a informação entretanto confirmada pela Ligue 1 da antecipação do Bordéus - Nantes