Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Gareth Bale regressa ao Tottenham por empréstimo do Real Madrid (e Reguilón também é reforço para Mourinho)

Sete anos após deixar os Spurs, Gareth Bale está de volta ao Tottenham. Na última época, especialmente a partir de janeiro, o jogador raramente foi opção e foi várias vezes criticado em Espanha. Agora, vai tentar voltar a ser feliz em Inglaterra

Lusa e Tribuna Expresso

Tottenham Hotspur FC/Getty

Partilhar

O futebolista internacional galês Gareth Bale está de regresso ao Tottenham, sete anos após deixar o clube atualmente treinado pelo português José Mourinho, informaram os Spurs.

“Bale está de volta. Bem-vindo a casa”, escreveu o clube nas redes sociais, enquanto o avançado assinalou que está de regresso sete anos depois e que não esquece o apoio que teve dos adeptos do clube londrino nos últimos anos.

O jogador, de 31 anos, tinha sido transferido em 2013/14 do Tottenham para o Real Madrid, então por um valor recorde de 100 milhões de euros, mas agora chega por empréstimo do clube espanhol.

Em jeito de brincadeira, ou talvez para explicar o que significa este regresso de Bale para o Tottenham, o clube colocou nas redes sociais o comunicado que oficializa a contratação de Bale, com um estilo decalcado do mítico documento distribuído por Michael Jordan quando o basquetebolista decidiu voltar à NBA, em março de 1995, e onde apenas se lia: "I'm back".

“Temos a satisfação de anunciar o regresso de Gareth Bale ao clube num empréstimo do Real Madrid”, especifica o clube inglês, acrescentando que o avançado vestirá a camisola número nove.

Na última época, especialmente a partir de janeiro, o jogador raramente foi opção e foi várias vezes criticado, nomeadamente por se dedicar ao golfe quando os seus companheiros de equipa disputavam a Liga dos Campeões.

Antes do anúncio do regresso de Bale, o Tottenham comunicou também a contratação do lateral-esquerdo Reguilón, de 23 anos, com o defesa, que na última época esteve emprestado ao Sevilha, a assinar contrato até 2025.