Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Ronaldo está de volta: saltou do banco e, três minutos depois, marcou (e ainda teve tempo para uma 'Panenka')

Depois de ter estado afastado dos relvados mais de duas semanas, infetado com covid-19, Cristiano Ronaldo voltou em grande: marcou dois dos golos da vitória da Juventus frente ao Spezia (4-1)

tribuna expresso

VINCENZO PINTO

Partilhar

Foi assim:

1' Ronaldo começou o jogo sentado no banco
56' Ronaldo entrou em campo, substituindo Paulo Dybala
59' Ronaldo marca o seu primeiro golo no jogo, contornado o guarda-redes após passe de Morata
76' Ronaldo marca o seu segundo golo no jogo, num penálti... à 'Panenka'

Depois de uma derrota frente ao Barcelona e de um empate frente ao Verona, a Juventus precisava de voltar às vitórias, mas o grande destaque do jogo frente ao Spezia, da 6ª jornada da Serie A, foi mais individual do que coletivo: Cristiano Ronaldo.

Depois de ter estado afastado dos relvados mais de duas semanas, devido aos testes positivos à covid-19, o avançado regressou à Juventus e não demorou muito a deixar a sua marca.

Três minutos depois de ter entrado, quando o jogo ia ainda empatado (um golo de Morata aos 14' e um golo de Pobega aos 32'), Ronaldo colocou a Juve em vantagem, marcando o seu quarto golo na Serie A.

Aos 67', Rabiot aumentou a vantagem para 3-1 mas o jogo só ficaria fechado com o quarto golo da equipa de Andrea Pirlo, marcado novamente por Ronaldo, desta vez num penálti concretizado à Panenka.

Com esta vitória, a Juventus aproxima-se dos lugares cimeiros, somando 12 pontos em seis jogos, mas ainda continua com alguma diferença em relação ao líder AC Milan, que tem 16 pontos. Também com 12 pontos segue a Atalanta, mas tanto o Nápoles como o Sassuolo, que têm 11 pontos, ainda vão disputar a 6ª jornada.