Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Messi contra-ataca: “Estou farto de ser o culpado de tudo no Barcelona”

O argentino chegou a Barcelona no seu avião privado e foi confrontado, primeiro, por dois agentes do Fisco espanhol e a seguir por jornalistas que lhe perguntaram sobre o estado de coisas no clube. E explodiu

Tribuna Expresso

Partilhar

O avião de Messi que trazia Messi lá dentro aterrou no aeroporto de El Prat de Barcelona depois de uma viagem de 15 horas: o argentino estivera com a Argentina a jogar contra o Peru e depois embarcara rumo à cidade Condal onde vive e joga.

À chegada, o futebolista tinha vários inspetores do Fisco de Espanha que, durante uma hora, lhe fizeram fizeram perguntas e pediram documentos: quem eram os passageiros, quem eram os pilotos, de quem era o avião. Segundo o jornal "Marca", o jogador foi obrigado a pagar ainda um imposto. Não é a primeira vez que Messi tem um encontro indesejado com a Hacienda.

Mas o regresso de Messi não foi condicionado apenas por isto: depois do interrogatório, o número 10 tinha vários jornalistas que queriam saber o que achava ele das declarações do tio e do ex-agente de Griezmann, colega no Barcelona. Ambos acusaram Messi de ser um ditador e de obrigar o clube catalão a vergar-se à sua vontade e eventuais caprichos.

Disse Messi: "A verdade é que estou muito cansado de ser o problema de tudo no clube. Não bastasse um voo de 15 horas, ainda encontro dois funcionários das Finanças à chegada. Isto é uma loucura".