Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Futebol internacional

Tottenham de Mourinho bate Arsenal e recupera liderança da Premier League

Golos de Son e Harry Kane ainda na 1.ª parte deram nova vitória ao Tottenham, que volta assim à liderança perdida provisoriamente para o Chelsea no sábado

Lusa

Glyn Kirk / POOL/EPA

Partilhar

O Tottenham, orientado pelo treinador português José Mourinho, venceu este domingo por 2-0 na receção ao Arsenal, para a 11.ª jornada, e recuperou a liderança da liga inglesa de futebol, entregue provisoriamente no sábado ao Chelsea.

O coreano Son Heung-Min (1-0), aos 13 minutos, e Harry Kane (2-0), aos 45+1, foram os autores dos golos do Tottenham, que lidera a liga inglesa, com 24 pontos, mais dois do que o Chelsea, segundo, e três do que Leicester e Liverpool, que ainda este domingo recebe o Wolverhampton.

O Arsenal, que somou o quarto jogo seguido sem vencer para o campeonato (três derrotas e um empate), segue num pouco usual 15.º lugar, com 13 pontos, a um do Leeds United, 14.º, e com três de vantagem, e mais um jogo, sobre o Brigthon, 16.º.

O Leicester regressou aos triunfos, após duas derrotas consecutivos para a Premier League, ao vencer por 2-1 em casa do Sheffield United, com golos do espanhol Ayoze Pérez, aos 24 minutos, e Jamie Vardy, aos 90.

O Sheffield United, que somou a sexta derrota seguida para o campeonato, ainda empatou por Oliver McBurnier, aos 26 minutos, igualdade que segurou até aos 90 minutos, mas Jamie Vardy impediu que o Leicester somasse o quinto jogo em todas as provas sem vencer.

O Leicester, adversário do Sporting de Braga na Liga Europa, segue provisoriamente no terceiro lugar, com 21 pontos, a três do líder Tottenham, mas pode ser superado pelo Liverpol, quarto, com os mesmos 21, que ainda hoje recebe o Wolverhampton. O Sheffield United é último, apenas com um ponto.

No outro jogo disputado, o Crystal Palace goleou por 5-1 em casa do West Bromwich, com um autogolo de Darnell Furlong, aos oito minutos, e dois ‘bis’ do costamarfinense Wilfried Zaha, aos 55 e 68, e do belga Christian Benkele, aos 59 e 82.

O West Bromwich, reduzido a 10 desde os 34 minutos por expulsão do brasileiro Matheus Pereira, jogador que já representou as cores do Sporting e do Desportivo de Chaves, ainda empatou 1-1 por Conor Gallagher, aos 30 minutos.

O Cristal Palace segue na 11.ª posição, com 16 pontos, com um de vantagem e mais dois jogos que o Aston Villa (12.º, com 15), enquanto o West Bromwich, na zona de despromoção, é penúltimo classificado, com seis.