Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Miura tem 53 anos, joga no Yokohama FC e acabou de renovar contrato

O avançado, que começou a carreira aos 15 anos, no Brasil, e se prepara para disputar a 36.ª época como profissional, foi o primeiro japonês a alinhar na liga italiana, e soma 91 internacionalizações e 55 golos marcados ao serviço da seleção do seu país

Lusa

Hiroki Watanabe

Partilhar

O futebolista japonês Kazuyoshi Miura renovou por uma época o contrato com o Yokohama FC, preparando-se, aos 53 anos, para disputar a 36.ª temporada como profissional, anunciou hoje o clube nipónico.

Em comunicado divulgado pelo Yokohama FC, o avançado, que completa 54 anos em fevereiro, garantiu que a sua paixão e vontade de jogar futebol “não param de crescer”.

‘King Kazu’ tornou-se o futebolista mais velho a jogar na liga japonesa em setembro de 2020, quando alinhou no encontro com o Kawasaki Fontale (3-2), com 53 anos, seis meses e 28 dias.

O avançado, que começou a carreira aos 15 anos, no Brasil, e se prepara para disputar a 36.ª época como profissional, foi o primeiro japonês a alinhar na liga italiana, e soma 91 internacionalizações e 55 golos marcados ao serviço da seleção do seu país.

  • O Tsubasa existe, tem 52 anos, ainda joga e dizem ser “bem cheiroso”

    Futebol internacional

    Ainda Eusébio marcava golos no seu pico quando Kazu Miura nasceu, no Japão. É o futebolista mais velho de sempre a marcar um golo, provavelmente é, também, o mais antigo a alguma vez jogar. Nunca foi a um Mundial de futebol com o Japão, mas foi convocado para um de futsal. Este domingo, arranca a sua 35.ª época consecutiva, já disse que pretende jogar até morrer e dois japoneses do Portimonense, que já o defrontaram, confessam à Tribuna Expresso que o têm como um exemplo