Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Sá Pinto já tem novo clube

Depois de sair dos brasileiros do Vasco da Gama, o técnico português assinou com os turcos do Gaziantep

tribuna expresso e lusa

Bruna Prado/Getty

Partilhar

O português Ricardo Sá Pinto foi oficializado como novo treinador do Gaziantep, sucedendo ao romeno Marius Sumudica, tendo assinado um contrato por duas épocas e meia, anunciou esta quarta-feira o emblema turco de futebol no seu site oficial.

Poucas semanas depois de ter sido afastado do Vasco da Gama, do Brasil, o técnico de 48 anos ruma ao futebol turco e vai dirigir o atual terceiro classificado do campeonato local, clube em que também vai reencontrar o português André Sousa, médio que trabalhou com Sá Pinto no Belenenses.

"Estou muito feliz e orgulhoso por poder comandar o Gaziantep. Vou fazer tudo para que o clube continue a crescer e que tenha sucesso, com espírito de ambição e com fome de vitórias", escreveu Sá Pinto, na sua página oficial da rede social Twitter.

O treinador português, que já passou pelo futebol grego, belga, sérvio e polaco, vai ocupar o lugar deixado vago por Marius Sumudica, despedido depois da eliminação na Taça da Turquia.

Em Portugal, Sá Pinto treinou o Sporting, o Belenenses e o Sporting de Braga.

O Gaziantep aparece com surpresa no terceiro posto do campeonato turco, a quatro pontos de Besiktas e Fenerbahçe, que partilham a liderança.

Ricardo Sá Pinto: "O feitio estará sempre presente até morrer. Mas nunca roubei nem matei ninguém"

Para onde quer que vá - já foi para Espanha e Bélgica, como jogador, e Sérvia e Grécia, como treinador -, será sempre o "Ricardo, coração de leão". Coração que teve demasiado perto da boca em desentendimentos com Artur Jorge, em 1997, e Liedson, em 2010. Mas essas histórias já lá vão, porque "o Ricardo treinador é mais ponderado do que o Ricardo jogador", garante o mister <em>(em dia do 47º aniversário de Sá Pinto, a Tribuna republica uma entrevista originalmente de 18 de julho de 2015)</em>
  • A aventura de Sá Pinto no Brasil acabou
    Futebol internacional

    O Vasco da Gama confirmou, esta terça-feira, a rescisão com o treinador português, que em 15 jogos conseguiu apenas três vitórias com o Vasco da Gama, além de seis empates e seis derrotas. O clube do Rio de Janeiro nunca terá chegado a pagar salários à equipa técnica portuguesa

  • Os misters portugueses outra vez à conquista do Brasil
    Futebol internacional

    Com pouco mais de um mês no Palmeiras, Abel Ferreira já impressiona o Brasil, que procura cada vez mais treinadores portugueses, depois do sucesso de Jorge Jesus no Flamengo. Mas o volátil futebol brasileiro rejeita tão rápido quanto abraça, como sentiram Jesualdo Ferreira e Augusto Inácio, e como já está a perceber Ricardo Sá Pinto