Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Futebol internacional

O Marselha está em queda acentuada. Villas-Boas não está no clube “para criar problemas”

Após o terceiro encontro seguido sem vencer, o treinador português entreabriu uma porta

Lusa e Tribuna Expresso

Quality Sport Images

Partilhar

O Marselha, treinado pelo português André Villas-Boas, somou o terceiro jogo seguido sem vencer na Liga francesa de futebol, ao perder por 1-0 na receção ao Lens, em jogo em atraso da nona jornada.

Os visitantes, que tiveram o médio português David Costa no banco de suplentes, marcaram o golo do triunfo aos 59 minutos, por intermédio de Simon Banza.

O Lens voltou, assim, aos triunfos na ‘Ligue 1’, depois de duas derrotas e um empate, e colocou-se a um ponto do Marselha, que se mantém no sexto lugar, com 32.

A formação comandada por André Villas-Boas, que há cerca de um mês estava a dois pontos da liderança, está agora a 10 dos ‘comandantes’ Paris Saint-Germain e Lille, ambos com 42.

Os marselheses, que ainda têm um jogo em atraso, não vencem há três partidas para o campeonato, sendo que, nas últimas sete, averbaram quatro desaires e apenas conquistaram uma vitória.

Pelo meio, ainda perderam a Supertaça francesa, diante do Paris Saint-Germain.

"Eles merecem a vitória. Teremos outras oportunidades para conquistar pontos. Hoje não tenho nada a dizer sobre o espírito da equipa. Acho que os rapazes deram tudo. Mas, infelizmente, não jogámos bem e desperdiçámos ocasiões de golo", disse o treinador português que entreabriu uma porta: "Quanto à minha situação, estou à disposição da direção. Não estou aqui para lhes criar problemas. Se decidirem que não estou à altura dos resultados, será hora de ir embora. Se houver necessidade de mudança, estou à disposição".