Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Futebol internacional

Premier League introduz duas substituições extra para casos de comoção cerebral

Regra entra em vigor na Liga inglesa já a 6 de fevereiro, não só no masculino, mas também nos dois principais escalões do futebol feminino. A próxima fase da Taça de Inglaterra será jogada também já sob o novo protocolo

Tribuna Expresso

O momento da lesão

JOHN WALTON/Getty

Partilhar

A Premier League vai introduzir já a 6 de fevereiro um novo protocolo que permitirá duas substituições extra às três regulamentares em caso de diagnóstico ou suspeita de comoção cerebral durante um jogo.

As duas principais divisões do futebol feminino inglês serão também abrangidas pelas novas regras, com início também a 6 de fevereiro, tal como a próxima eliminatória da Taça de Inglaterra, também no próximo mês.

Em comunicado conjunto, a Federação Inglesa e a Premier League sublinham que a decisão foi aprovada após consulta das recomendações do International Board (IFAB), que regulamenta as regras do futebol. O IFAB havia aprovado em dezembro a possibilidade de introduzir substituições extra em caso de lesão cerebral.

Nos últimos meses, vários acontecimentos contribuíram para uma maior discussão sobre o problema das comoções cerebrais no futebol. A Inglaterra chorou a morte de duas antigas glórias, Jackie Charlton e Nobby Stiles, com diagnóstico de demência. Em novembro, num jogo entre o Arsenal e o Wolverhampton, David Luiz e Raul Jimenez chocaram de cabeça, com o avançado mexicano a ser obrigado a passar pelo bloco operatório com uma lesão craniana. Não se sabe se voltará a jogar esta temporada.

Já Jan Vertonghen, agora no Benfica, admitiu também no final do ano ter jogado nove meses com tonturas e dores depois de um choque de cabeça durante um jogo, o que acabou por precipitar a sua saída do Tottenham.