Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Futebol internacional

Há uma nova regra no Brasil que daria jeito em Portugal: clubes só podem ter dois treinadores por época

É uma espécie de revolução para campeonatos que passam a vida na dança das cadeiras. O Brasileirão era um desses casos, mas a nova regra vem pôr travão às constantes trocas de treinadores. Na Liga Portuguesa não seria má ideia adotar uma posição semelhante

Tribuna Expresso

Pool

Partilhar

Fez-se história no Brasileirão, como é conhecido o campeonato brasileiro de futebol. Na quarta-feira, os clubes que disputam a prova tomaram uma decisão importante para impedir as constantes trocas de treinador. A nova regra já está a abrir os olhos de outras competições pelo mundo fora.

A partir de agora, os clubes do primeiro escalão do futebol brasileiro apenas poderão ter dois treinadores por época. Por outro lado, os próprios técnicos apenas poderão trabalhar em dois clubes por temporada. Se um dos clubes demitir dois treinadores na mesma época, terá de recorrer a um técnico que já esteja nos seus quadros.

Foi o próprio presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, quem apresentou a ideia aos clubes associados. Com 11 votos a favor e nove contra, a regra foi finalmente aprovada, depois de já ter sido apresentada várias vezes, tendo sido sempre rejeitada.