Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Futebol internacional

Covid-19. Daniele De Rossi passou mal, foi internado, mas deverá ter alta nos próximos dias

Os jovens 37 anos e o passado como desportista pouco valeram ao antigo internacional italiano, que precisou mesmo de oxigénio depois de ter testado positivo à covid-19. Daniele De Rossi passou o fim de semana no hospital, mas de acordo com o hospital Spellanzani, em Roma, deverá ter alta nos próximos dias

Tribuna Expresso

MARCO BERTORELLO/Getty

Partilhar

A covid-19 pode ser uma roleta russa e que o diga Daniele de Rossi. Com 37 anos, saudável e uma vida toda dedicada ao desporto, o antigo capitão da Roma não seria o mais óbvio candidato a uma cama de hospital, mas os sintomas da doença acabaram mesmo por obrigar o jogador italiano a ser internado este fim de semana e a precisar de oxigénio.

Esta segunda-feira, o diretor do hospital Spellanzani, em Roma, Francesco Vaia, revelou à Radio RAI que De Rossi “está bem” e que deverá ter alta nos próximos dias.

O antigo médio faz agora parte da equipa técnica de Roberto Mancini, atual selecionador de Itália, e foi um dos membros da comitiva italiana a testar positivo após os jogos de qualificação para o Mundial. Entre eles estiveram também Leonardo Bonucci e Federico Bernardeschi, colegas de Cristiano Ronaldo na Juventus e também Marco Verratti, do PSG.

Após ser internado, De Rossi explicou num áudio enviado a amigos, e ao qual o jornal “La Stampa” teve acesso, como percebeu que o seu estado de saúde se estava a deteriorar.

“Vim ao hospital porque os sintomas não desapareciam e na verdade até pioravam. Estava meio desmaiado, os meus ouvidos zuniam. Senti-me muito acalorado e meio tonto”, começa por dizer o antigo jogador, que terminou a carreira no Boca Juniores da Argentina, depois de uma carreira dedicada em exclusivo à Roma.

Perante os sintomas, De Rossi fez exames médicos e foi-lhe diagnosticada uma pneumonia bilateral. “Os médicos disseram-me que se não tivesse vindo… não estou num estado limite, mas já não é uma covid-19 que se trate em casa”, explica ainda De Rossi na mensagem.