Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Futebol internacional

Todos os clubes ingleses abandonam a Superliga

Em desenvolvimento

Arsenal, Manchester United, Manchester City, Chelsea, Tottenham e Liverpool saltaram fora do projeto. Em comunicados, lamentaram o sobressalto causado aos adeptos

Tribuna Expresso

Ian West - PA Images

Partilhar

A BBC avança que Manchester United, Arsenal, Tottenham e Liverpool seguiram os passos do Chelsea e do Manchester City e também abandonaram o projeto da Superliga, um novo formato competitivo que foi anunciado há dois dias. A informação foi confirmada, posteriormente, em comunicado, pelos próprios responsáveis dos clubes britânicos.

O Arsenal pediu desculpas aos adeptos e pediu tempo para recuperar a confiança numa carta aberta; o Liverpool escreveu que o plano para integrar a Superliga foi "descontinuado"; o Tottenham lamentou "a ansiedade causada pela proposta da Superliga", que seria "importante porque o clube iria participar numa possível nova estrutura" e agradeceu "aos adeptos"; o Manchester United anuncia que deixa a Superliga, depois de ter "ouvido atentamente as palavras dos fãs".

Estes seis emblemas ingleses faziam parte dos superclubes (juntamente com Real Madrid, Atlético de Madrid, Barcelona, AC Milan, Juventus e Inter de Milão) que, juntos, assinaram um comunicado em que garantiam avançar para uma nova prova de elite que provocaria um terremoto no futebol europeu.