Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Futebol internacional

E a um português sucede outro português: Roma anuncia José Mourinho como próximo treinador

José Mourinho vai voltar a Itália. Pouco depois de anunciar a saída de Paulo Fonseca, a Roma confirmou que será outro português a liderar a equipa na próxima temporada. O contrato é válido por três temporadas

Tribuna Expresso

Neil Hall

Partilhar

José Mourinho será o treinador da AS Roma a partir da próxima temporada. O clube italiano confirmou a chegada do português pouco depois de anunciar a saída de Paulo Fonseca, depois de dois anos no clube da capital.

O contrato do treinador que deixou recentemente o Tottenham será de três anos, até 30 de junho de 2024.

Nas primeiras palavras após ser conhecido o seu novo projeto, o treinador sublinhou o papel de outro português na sua contratação, o diretor desportivo Tiago Pinto: "Após reuniões com os proprietários do clube e com Tiago Pinto, imediatamente percebi o nível da ambição da Roma. É a mesma ambição e vontade que sempre me motivaram e juntos queremos construir um projeto ganhador nos próximos anos".

Trata-se de um regresso de José Mourinho a Itália, onde em duas temporadas ganhou tudo ao serviço do Inter Milão. Scudetto em 2008/09 e 2009/10, Liga dos Campeões em 2009/10, Taça de Itália em 2009/10 e Supertaça italiana em 2008.

No último ano e meio, o português treinou o Tottenham, de onde saiu em meados do mês de abrir, após uma temporada muito abaixo das expectativas em Londres.

"Mal o Mourinho ficou disponível, imediatamente falámos com um dos melhores treinadores de todos os tempos", diz Tiago Pinto no comunicado que apanhou boa parte da esfera futebolística de surpresa.

"Para construir um projeto desportivo bem-sucedido é preciso tempo, paciência e as pessoas certas nos cargos certos. Estamos muito confiantes que o José será o treinador perfeito para o nosso projeto, tanto para o imediato como para o nosso futuro a longo prazo", frisa ainda o diretor desportivo do clube italiano, que não vence o campeonato desde a longínqua época de 2000/01.