Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Palmeiras eliminado da Copa do Brasil por equipa da segunda divisão

"O que não nos mata deixa-nos mais fortes. Espero no próximo jogo uma resposta positiva, de uma equipa que ganhou e quer continuar a ganhar", disse Abel Ferreira depois de ser eliminado na terceira ronda, a primeira em que o Palmeiras participa. O Verdão venceu a Copa em 2020

Tribuna Expresso

MAURO PIMENTEL

Partilhar

Era o atual detentor do troféu e, após perder por 1-0 na segunda mão em casa (depois de vencer 1-0 fora), foi agora eliminado nos penáltis pelo Clube de Regatas Brasil, um clube da segunda divisão brasileira.

Ewandro, que passou pelo Estoril Praia em 2017/18 por empréstimo da Udinese, marcou o golo que levou a terceira fase da Copa para os penáltis (3-4). Willian, avançado do Palmeiras, marcara na primeira mão, na casa do Verdão.

"Não tivemos a eficácia que deveríamos ter nas 35 finalizações que tivemos", disse o treinador português depois da partida, aqui citado pelo Globo Esporte. "Pelo menos quatro delas flagrantes, até em cima da linha de golo. Futebol resume-se a isso. É uma desilusão para todos, para o treinador, jogadores, direção e torcedores, que sofrem tanto quanto nós. Era um objetivo que queríamos, este agora não temos mais a possibilidade de lutar. Criámos oportunidades contra uma equipa que se defendeu bem, criou duas chances e fez um golo. O maior objetivo é fazer golos e hoje [quarta-feira] não tivemos o engenho e a capacidade de superar o adversário nas oportunidades que criamos."

E continuou: "A pressão para quem joga no Palmeiras é diária, jogamos sempre para ganhar e quando não ganhamos estamos sempre pressionados. Temos dois dias para recuperar, um jogo bom em casa para dar uma boa resposta já no sábado [Corinthians]. (...) Faltou-nos o objetivo mais importante do futebol: o golo. É isto que faz a diferença entre ganhar e perder. Fica bem evidente que o futebol não é estatística, o que conta é a capacidade de colocar a bola dentro da baliza. Temos de assumir, é normal, que os jogadores tenham algumas dúvidas, mas estes mesmos jogadores, esta mesma equipa técnica, vamos fazer uma reflexão para voltarmos mais fortes. O que não nos mata deixa-nos mais fortes. Espero no próximo jogo uma resposta positiva, de uma equipa que ganhou e quer continuar a ganhar".

A terceira fase da Copa do Brasil é a primeira em que entram clubes como o Palmeiras. Abel e o seu Palmeiras ganharam este troféu na época passada, ao bater o Grémio na final, depois de 1-0 e 2-0 nos dois jogos decisivos.