Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Futebol internacional

Solskjaer garante que Ronaldo "estará em campo em algum momento" do jogo contra o Newcastle, mas não revela se português será titular

O técnico do Manchester United falou sobre a estreia de CR7 nesta nova passagem por Old Trafford, no duelo marcado para sábado (15h00, SportTV3). E acredita que Cristiano poderá jogar até depois dos 40 anos de idade

Tribuna Expresso

Ash Donelon/Getty

Partilhar

Cristiano Ronaldo continua a ser o homem do momento na Premier League. Depois de todo o entusiasmo à volta do regresso do português ao Manchester United, CR7 prepara-se para, 12 anos depois, voltar a vestir a camisola dos diabos vermelhos, no duelo de sábado contra o Newcastle.

Na conferência de imprensa de antevisão do jogo frente aos magpies, o técnico do United, Ole Gunnar Solskjaer, foi questionado sobre a possibilidade de Cristiano alinhar como titular. O norueguês não confirmou esse cenário, mas avançou que o português participará na partida: "Ele teve uma boa pré-temporada com a Juventus, jogou com a seleção e teve uma boa semana connosco. Estará, sem dúvidas, em campo em algum momento, isso é certo", frisou Solskjaer, que acrescentou que Ronaldo "parece estar contente".

Manchester United/Getty

Na primeira passagem de Cristiano por Manchester, na qual fez 292 encontros e marcou 118 golos, Solskjaer foi colega de equipa do português. Agora treinador de CR7, o norueguês realçou o "respeito mútuo" existente entre si e Ronaldo: "Ele sabe que eu tenho de tomar decisões sobre quem joga e quem fica de fora. O meu trabalho é tirar o melhor rendimento dele, o que surge da comunicação. Ele não precisa de mim para dizer-lhe o que fazer", opinou o antigo avançado.

Solskjaer, que comentou que o facto de Cavani ter cedido o número 7 a Cristiano evidencia "o respeito" existente entre "dois profissionais de topo", considerou que Ronaldo "quer atingir mais" na sua carreira. O norueguês recordou que Ryan Giggs, outra lenda do Manchester United, "jogou até depois dos 40 anos" e disse que "não o surpreenderia" se "Cristino acabasse a carreira com a mesma idade" do galês.