Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Futebol internacional

Em pleno jogo, os jogadores do Fulham homenagearam um adepto de 13 anos com paralisia cerebral que sofreu abusos online

Rhys Porter é um jovem de 13 anos que sofreu de bullying online depois de publicar vídeos a jogar futebol. Os jogadores do Fulham não ficaram indiferentes e depois de marcar frente ao Bristol correram para festejar com ele. Uma imagem de solidariedade que está a correr mundo

Tribuna Expresso

Simon Galloway - PA Images

Partilhar

Rhys Porter é um jovem de 13 anos que sofre de paralisia cerebral e epilepsia. E estar numa cadeira de rodas não é impedimento na hora de seguir uma das suas grandes paixões: o futebol. Rhys é guarda-redes dos Feltham Bees, uma equipa para pessoas com deficiência, e depois de publicar alguns vídeos na rede social TikTok a jogar foi vítima de abusos verbais.

O Fulham, equipa da 2.ª divisão inglesa que esta época é treinada pelo português Marco Silva, não ficou indiferente ao caso, até porque Porter é um seguidor do clube de Londres. Começou por convidar Rhys para treinar com os guarda-redes da primeira equipa e criou até um perfil de jogador no seu site oficial.

Mas a homenagem não ficou por aí. No sábado, Rhys assistiu ao jogo do Fulham em casa do Bristol City e quando Aleksandar Mitrovic fez o primeiro golo do encontro, aos 50’, os jogadores dos londrinos correram para abraçar e festejar com o jovem, num momento registado por muitos adeptos que estavam também nas bancadas.

Campanha já ultrapassou os 19 mil euros

Apesar de ter sentido na pele o pior do ser humano, Rhys Porter usou o seu caso não para baixar os braços mas sim para agir. Depois de sofrer de bullying e lidar com terríveis mensagens de abuso online, simplesmente por publicar vídeos a fazer aquilo que mais gosta, jogar futebol, o jovem criou uma angariação de fundos para a Scope, uma associação de solidariedade que luta contra a discriminação das pessoas com deficiência.

De acordo com o perfil criado pelo Fulham na sua página oficial sobre o jovem (que recebeu o número 1 da primeira equipa), a ideia inicial de Rhys era juntar 5 mil libras (cerca de 6 mil euros), mas neste momento o valor já está próximo dos 20 mil euros.

“Toda a gente no Fulham tem sido absolutamente inspirada pelo Rhys e queremos continuar a mostrar-lhe o quão inspirados estamos não só com a sua atitude face à adversidade, mas também o seu compromisso em ajudar os outros”, pode ler-se no site do clube.