Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Futebol internacional

Solskjaer admite que "Rashford tem feito coisas fantásticas", mas acha que "agora ele precisa de colocar o futebol como prioridade"

O avançado do Manchester United tem-se destacado pelo seu empenho nas lutas contra a desigualdade, a fome infantil ou o racismo, promovendo mesmo campanhas para permitir que crianças desfavorecidas possam ler livros. Mas o seu treinador considera que Marcus "está a chegar à sua melhor idade como jogador" e tem uma "oportunidade em mãos", quer no clube quer na seleção

Tribuna Expresso

Simon Stacpoole/Offside

Partilhar

Ao longo do último ano e meio, Marcus Rashford tem sido notícia, pelas melhores razões, pelo trabalho que tem feito fora de campo: pressionou o governo britânico a adiar o fim do programa de vouchers alimentares para cerca de 1,3 milhões de crianças, instituído como medida de apoio durante a pandemia da covid-19, no período em que as escolas fecharam, conseguindo que Boris Johnson cedesse; criou um clube de leitura para dar oportunidades de contacto com os livros a crianças de famílias desfavorecidas; participou em conversas com Barack Obama sobre racismo e desigualdade e as suas redes sociais são um local de reflexão e alerta para muitas das injustiças da nossa sociedade.

Estas e outras acções levaram-no a ser homenageado pela BBC, a receber da Rainha o título de Membro da Ordem do Império Britânico (MBE, na sigla inglesa) e a tornar-se doutor honoris causa pela Universidade de Manchester.

No entanto, Ole Gunnar Solskjaer, o treinador de Rashford no Manchester United, avisa que "Marcus está a chegar à sua melhor idade como jogador", tendo "uma oportunidade em mãos, quer no Manchester United quer com Inglaterra". Esta temporada, o avançado, de 23 anos, ainda não jogou devido a lesão.

Solskjaer admite que "Rashford tem feito coisas fantásticas e notáveis", "mas agora ele precisa de colocar o futebol como prioridade", considera o norueguês. "O Marcus sabe que nós queremos muito dele, mas vamos dar-lhe tempo para que ele volte a ser o que foi e o que pode ser".

Marcus Rashford soma 88 golos em 271 partidas pelo Manchester United, bem como 12 tentos em 46 internacionalizações com Inglaterra. Na época passada, o avançado fez 21 golos e 12 assistências pelos "red devils".