Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Futebol internacional

Mourinho admite ter uma "conexão emocional" com o Newcastle devido a Bobby Robson, mas garante estar "100% focado na Roma"

O técnico tem sido um dos muitos nomes associados ao futuro do banco da equipa inglesa, após esta ter sido adquirida por um consórcio liderado pelo fundo soberano da Arábia Saudita, no entanto o português salienta que está "feliz" orientando a Roma

Tribuna Expresso

Quality Sport Images/Getty

Partilhar

A compra do Newcastle por um consórcio liderado pelo fundo soberano da Arábia Saudita colocou o clube do Norte de Inglaterra no centro das especulações do mundo do futebol. Com um músculo financeiro invejável, a imprensa tem lançado para cima da mesa vários nomes para fazerem parte do novo projeto do Newcastle, sendo, um deles, José Mourinho, apontado como um dos possíveis futuros treinadores dos "magpies".

Na conferência de imprensa de antevisão da partida da Roma com a Juventus, o treinador português abordou estas especulações, comentando ter uma "conexão emocional" com a "cidade e com os adeptos" do Newcastle por ter "trabalhado durante muitos anos como uma das figuras mais importantes da história do clube, Sir Bobby Robson". No entanto, Mourinho garante não ser "nada mais do que isso".

Mike Egerton - EMPICS/Getty

Recorde-se que José Mourinho trabalhou com Bobby Robson quando o inglês esteve no Sporting, FC Porto e Barcelona. Robson, que faleceu em 2009, orientou o Newcastle durante cinco temporadas, entre 1999/00 e 2003/04, tendo sido o último emblema que dirigiu na sua vasta carreira, na qual comandou, também, a seleção inglesa entre 1982 e 1990.

Apesar desta ligação a Robson, Mourinho garante estar "feliz" na capital italiana, onde vive a sua primeira temporada. "Estou 100% focado na Roma e no seu projeto, o projeto Friedkin", assegurou o luso, em referência aos proprietários norte-americanos do emblema italiano, os quais compraram, recentemente, o clube.