Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Fábio Coentrão: "Posso dizer de boca cheia e com orgulho que o meu clube é o Sporting, sou adepto do Sporting e quero que o Sporting ganhe"

No final do encontro em que foi o capitão do Rio Ave, Fábio Coentrão abriu o coração e em estado puro falou do amor que ainda sente pelo clube onde jogou na última época. Quanto à derrota dos vilacondenses, acredita que foi um "jogo menos conseguido", mas mostrou toda a confiança num Rio Ave que vai fazer "uma excelente época"

Tribuna Expresso

MB Media/Getty

Partilhar

Adversário forte

"Foi um jogo menos conseguido da nossa parte, acho que temos vindo a fazer muito melhor, mas também o adversário é diferente. Encontrámos um Sporting forte, organizado, que nos complicou a vida. Mesmo assim acho que podíamos ter saído daqui com outro resultado. Mas há muito campeonato pela frente e acho que o Rio Ave vai fazer uma excelente época"

Golo de Jovane e os árbitros

"Foi um excelente golo do miúdo, um golo muito bonito. Matou o jogo aí. Mas também é complicado… eu agora estou deste lado e nós temos vindo a ser prejudicados pelos árbitros há semanas consecutivas. E eu agora que estou deste lado vejo como é difícil jogar nestas equipas"

O amor ao Sporting

"E estou grato ao que o Sporting fez por mim. Eu agora posso dizer aqui que seguramente não vou voltar a jogar num dos três grandes em Portugal, é o mais certo, e por isso posso dizer de boca cheia e com orgulho que o meu clube é o Sporting, que quando deixar o futebol vou continuar a seguir o Sporting, sou adepto do Sporting e quero que o Sporting ganhe. E tenho de estar grato a estes adeptos que o ano passado me receberam de braços abertos"