Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

António Folha: "Nós gostamos de jogar, este futebol vai continuar, aconteça o que acontecer"

O treinador do Portimonense, depois de ganhar (2-0) ao Benfica, disse e repetiu que a equipa vai manter a forma ofensiva, vertical e rasteiro de jogar que valeu os três pontos frente ao clube da Luz, que são o que interessa: " Ficamos todos contentes, não é por ser o Benfica, é por serem três pontos"

Tribuna Expresso

LUIS FORRA/LUSA

Partilhar

"Sabíamos que íamos ter um jogo extremamente difícil, o Benfica também sabia ao que vinha. Que ia encontrar uma equipa que gosta muito de jogar e atacar. Entrámos bem no jogo, fizemos dois golos, e as coisas ficaram mais fáceis. O Benfica na segunda parte entrou bem, aqui e ali obrigou-nos a estarmos mais baixos.

Podíamos tentar matar o jogo, não conseguimos, paciência. Ficamos todos contentes, não é por ser o Benfica, é por serem três pontos."

O gosto por jogar

"Nós gostamos de jogar, eu farto-me de dizer, não tenho medo de perder, jogo para ganhar e sei que vou perder muitas vezes. A minha equipa tem de ter esta confiança, esta alegria, para ser ofensiva da forma que eu gosto. Mas acho que temos um jogo de qualidade, com golos, que faz com que haja mais adeptos, que faz com que os jogadores cresçam e este futebol vai continuar, aconteça o que acontecer."

Nakajima vai, ou fica?

"Para ser sincero, a direção ainda não me disse que o Nakajima vai embora. Há muitas equipas que o querem, é bom sinal. Como treinador não o queria perder, mas isto é a nossa vida, e temos de tentar reformular se isso acontecer."