Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Abel: "Eu quando perco um jogo, quando erro, sou despedido. Se é para isto, tirem o VAR, por favor. Tirem o VAR"

O treinador do SC Braga, à SportTV, falou em frustração e injustiça, e também da tecnologia na arbitragem

FOTO HUGO DELGADO / LUSA

Partilhar

"Vou falar do positivo: aquilo que temos feito sempre, jogar para vencer, seja onde for. Fizemos isso na primeira-parte, onde entrámos muito bem, marcando um golo e tentnado controlar com um bloco médio. Eles conseguiram empatar numa bola parada muito boa, é difícil combater a estatura do Coates que é muito, muito grande. Fizemos uma segunda-parte muito, muito boa, fizemos substituições para ganhar, sentimos que era possível. Infelizmente, vamos ver esta final em casa de uma forma muito injusta."

O golo anulado

“Eu não sei o que diga… Temos de perceber porque é que o futebol português está tão mau. Eu tenho muita coisa para mudar, mas… Eu se perder um jogo, sou despedido. É preciso coragem para mudar o que está mal, temos de penalizar o que está mal. Eu quando erro tenho de ser despedido. Quando se erra olhando para imagens… eh pá, comparem os lances. Tirem o VAR, por favor. Tirem, por favor. Com o VAR e com erro, fica difícil perceber. Se num dia vejo uma coisa, e no dia seguinte vejo outra... Mais: não ponham linhas, lá em casa não há linhas, isso só confunde. Tenho um balneário de homens de família há procura de melhores condições, melhores contratos, e depois é isto."