Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

António Salvador: "Este é um árbitro mau, fraco, não vale nada, tal como nunca valeu nada enquanto jogador"

O presidente do Sporting de Braga criticou implacavelmente Manuel Oliveira, o árbitro desta meia-final da Taça da Liga

Partilhar

O árbitro-jogador

“Boa noite. Em primeiro lugar, quero dirigir uma palavra aos nossos adeptos. Porque fizeram um grande esforço para virem aqui fazer um espetáculo. Infelizmente, era só para eles que queria falar. Mas não é possível. Não é inocente o facto de ter sido nomeada uma equipa de internacional sem um internacional. A arbitragem foi fraca, sem categoria. Quando se anula um golo de uma falta do Dyego sobre o Acuña… tenho de dizer que ele é fraco, muito fraco. E esse árbitro não viu uma falta sobre o Dyego, para penálti, que o VAR não mandou ver. E não teve coragem de expulsar o Gudelj.

“Vocês viram o que se passou. O que eu lamento vi um ex-árbitro a comentar na SportTV ver a dizer que é falta do Dyego Sousa sobre o Acuña. Só que ele comenta na SportTV e é avençado do Sporting. Isto não pode acontecer. O poder do mais forte fala sempre mais alto. Este é um árbitro mau, fraco, não vale nada, tal como nunca valeu nada enquanto jogador”.

Os 90 minutos

“Penáltis? Dou os parabéns ao Sporting que ganhou nos penáltis. Durante os 90 minutos, o Braga foi a equipa mais forte."