Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Abel: "Eu sei que querem fazer títulos de jornais com Benfica, FC Porto e Sporting, mas vão ter de fazer títulos com o Braga"

O treinador do Sporting de Braga diz que o campeonato está longe de estar acabado e espera uma boa resposta frente ao Chaves, para garantir uma aproximação ao FC Porto

Tribuna Expresso e Lusa

Octavio Passos

Partilhar

O treinador Abel Ferreira desvalorizou hoje a possibilidade de o Sporting de Braga se aproximar da liderança da I Liga de futebol, esperando um jogo difícil na receção ao Desportivo de Chaves, no domingo, na 21.ª jornada.

Com o empate do FC Porto, na sexta-feira, em casa do Moreirense (1-1), os bracarenses ficam a apenas dois pontos da liderança se ganharem aos flavienses, mas para o técnico "todos os jogos são oportunidades" para o Braga.

"Eu sei que querem fazer títulos [de jornais] com Benfica, FC Porto e Sporting, mas vão ter de fazer títulos com o Braga, que joga onde for e com quem for para vencer. Em dezembro, lançaram um campeão, tiraram outro, um já está dentro outra vez, outro estava dentro e já está fora, e isto só se fecha em maio, há muita coisa que vai acontecer", disse.

Ainda este mês, o calendário dita uma visita a Alvalade para defrontar o Sporting, a receção ao Belenenses e o jogo no Dragão com o FC Porto para a primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal.

"Vão jogar os melhores em cada jogo. Esse tem sido o nosso segredo, ajustar as velas ao sabor do vento. Vamos encarar cada jogo da mesma forma até ao final e no final vamos ter o que fizemos por merecer", disse.

Abel Ferreira frisou que "jogar para ganhar é a melhor pressão que se pode ter, é a pressão positiva".

"Os jogos não são iguais. Na Vila das Aves [na última jornada, 2-0 ao Desportivo das Aves], ganhámos na segunda parte, mas não jogámos sozinhos. Na primeira parte, fizemos o que tínhamos de fazer, com calma e discernimento, para desgastar o adversário", disse.

O Desportivo de Chaves vem de "duas vitórias moralizadoras" seguidas, e Abel Ferreira espera "uma equipa fechada, a jogar no erro do adversário".

"Foi assim nos dois últimos jogos, é uma equipa muito bem organizada e bem orientada, que tem jogadores com muita qualidade e que, no início da época, teria outros horizontes e objetivos", disse.

O treinador disse ainda que “os jogos merecem a mesma cautela e o mesmo alerta seja contra quem for”.

“Os nossos adversários cada vez mais nos conhecem melhor, fecham espaços, e obrigam-nos a ser melhores a cada dia, cada treino e cada jogo”, completou.

Abel Ferreira considerou ainda "muito interessante para quem quer vir com a família ao estádio" a hora a que vai começar o jogo no domingo (15:00).

"Todos gostamos de jogar com o maior número de adeptos possível e também temos que os desafiar. Temos que agradecer muito aos que têm vindo a horas difíceis, mas queremos crescer a todos os níveis e no número de adeptos que nos vêm apoiar também", disse.

Sporting de Braga, terceiro classificado, com 46 pontos, e Desportivo de Chaves, 17.º, com 18, defrontam-se no domingo, às 15:00, no Estádio Municipal de Braga.