Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

“Pinto da Costa tratou-me com muito carinho, vou renovar até aos 40 anos”. Casillas fica no FC Porto

Guarda-redes revelou em Espanha que vai aceitar prolongar por mais dois anos o seu contrato, por proposta de Pinto da Costa

João Pedro Barros

Ina Fassbender/picture alliance via Getty Images

Partilhar

FC Porto e Iker Casillas, uma história de amor que deve durar até à eternidade, pelo menos enquanto Casillas for jogador de futebol. O guarda-redes anunciou esta segunda-feira, em Madrid, no âmbito do programa televisivo “El Día Después”, que tem acordo com o clube para renovar o contrato por mais dois anos.

"Desde que cheguei a Portugal, Pinto da Costa tratou-me com muito carinho. Esta semana vou renovar até aos 40 anos com o FC Porto. Agora vou fazer 38, pelo que de certeza que vou acabar a minha carreira no FC Porto", adiantou.

O número um dos dragões esteve em Espanha para ser apresentado como o primeiro embaixador da Liga espanhola enquanto jogador no ativo, e revelou, neste caso ao Porto Canal, que o presidente do FC Porto o surpreendeu quando propôs mais dois anos de contrato.

"Se conseguir continuar a dar 100 por cento nos treinos e nos jogos e puder continuar a lutar ao lado dos meus companheiros pelos objetivos da equipa, então não tenho qualquer problema em continuar, porque estou muito agradecido à cidade e ao FC Porto", declarou.

Casillas chegou ao FC Porto no verão de 2015, quando o clube era treinado por Julen Lopetegui, e teve uma primeira época complicada. Foi preciso esperar três anos para conquistar o primeiro título, o campeonato nacional de 2017/18 (entretanto juntou-lhe uma Supertaça). Nesse momento, já era um dos favoritos dos adeptos.

Em 149 encontros oficiais com a camisola azul e branca, não sofreu golos em 71 ocasiões. É já o segundo guarda-redes estrangeiro com mais jogos pelo clube, apenas atrás de Helton, e tem um currículo em que brilham, só para citar alguns troféus, um Campeonato do Mundo, dois Campeonatos da Europa e, ao serviço do Real Madrid, três Ligas dos Campeões.