Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

João Pedro Sousa: "Acho que fomos claramente superiores"

As declarações de João Pedro Sousa à RTP, após o Famalicão-Benfica (1-1), da 2ª mão das meias-finais da Taça de Portugal

Tribuna Expresso

MANUEL DE ALMEIDA/Lusa

Partilhar

O empate

"Antes de mais, gostaria de dedicar um bocadinho deste jogo aos jogadores - aliás, gostava de dedicar a vitória, mas não é possível - que estiveram no último jogo para o campeonato [com o Vitória de Guimarães, que o Famalicão perdeu por 7-0], que nos correu muito mal.

Quanto ao jogo, foi muito competitivo. O Benfica acabou por marcar, por um erro forçado, mas nós reagimos muito bem, tivemos boas oportunidades, só que não conseguimos concretizar.

Na segunda parte, tentámos manter a pressão, conseguimos subir mais as linhas, conseguimos igualar a partida e acabámos completamente instalados no meio-campo do Benfica."

Foi justa a passagem do Benfica à final?

"No conjunto dos dois jogos, e eu respeito muito o Benfica e o excelente trabalho do seu treinador, não partilho dessa opinião. Acho que fomos claramente superiores".

Eliminação terá consequências?

"Acredito que não. Sempre dissemos que trabalhamos com o intuito de estarmos preparados para as vitórias, e trabalhamos também para estarmos preparados para as derrotas. Esta dói muito porque queríamos muito ganhar e estar na final, queríamos dar essa prenda aos nossos adeptos e a esta cidade. Gostaria de referir que foram dois excelentes jogos, foi uma meia-final fantástica".

Com mais ou menos problemas, está garantido o Jamor

Três anos depois, o Benfica está de volta ao Jamor, apesar de ter empatado - e de ter sofrido - em Famalicão (1-1). Valeu à equipa de Bruno Lage a vitória da 1ª mão, na Luz (3-2)