Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Luís Maximiano com princípio de acordo para renovar

O jornal “Record” anuncia que as negociações entre o guarda-redes e o Sporting estão praticamente fechadas

Tribuna Expresso

NurPhoto

Partilhar

De acordo com o jornal “Record”, a renovação de Luís Maximiano com o Sporting está bem encaminhada e deve mesmo acontecer. Segundo o diário desportivo, existe um princípio de acordo sólido entre o guarda-redes, os seus representantes e a SAD leonina.

Aparentemente, as negociações só não foram concluídas antes, mais concretamente após o jogo com o Basaksehir, na Túrquia, no final de fevereiro, devido à pandemia, que paralisou tudo. O processo é considerado prioritário pelas estruturas do clube e da SAD.

Tanto o salário como a cláusula de rescisão de Luís Maximiano vão ser revistos em alta. O jogador, de 21 anos, foi aumentado em fevereiro de 2019 mas nem por isso deixou de ser um dos jogadores mais mal remunerados do plantel. O vencimento anual bruto do jovem atleta anda na ordem dos 180 mil euros sendo que, no seguimento desta renegociação, esse valor poderá ser quadruplicado, chegando aos 800 mil euros brutos por época.

Quanto à cláusula de rescisão, deverá passar dos 45 milhões de euros para os 60 milhões. Uma das questões a serem tratadas é, segundo o “Record”, a possibilidade de o contrato ser estendido por mais duas épocas, de 2023 para 2025.

As boas exibições do guarda-redes do Sporting levaram a que, em pouco tempo, começassem a aparecer interessados no mercado europeu. O nome do internacional sub-21 português estará bem referenciado pelo Ajax, após algumas observações feitas pelo histórico clube holandês. Também o Inter tem andado a seguir Max.

Tal como no clube, Luís Maximiano quer chegar ao patamar dos adultos na seleção nacional. O adiamento do Europeu pode favorecê-lo, bem como o facto de o habitual terceiro guarda-redes da equipa das quinas, Beto, ter 37 anos.