Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Adeus, Açores, olá, Cidade do Futebol: Santa Clara termina a I Liga em "casa" emprestada

A equipa açoriana anunciou que vai permanecer em território continental para terminar a I Liga, por questões de segurança, devido à pandemia de covid-19

Tribuna Expresso

Gualter Fatia

Partilhar

Ao contrário do que é habitual, o Santa Clara não irá disputar os jogos em casa no Estádio de São Miguel. De forma a terminar o que ainda resta da I Liga 2019/20, a equipa açoriana vai permanecer em território continental e jogar na Cidade do Futebol, "casa" da Federação Portuguesa de Futebol, para salvaguardar a "saúde pública", anunciou o clube esta terça-feira à tarde, através das redes sociais.

"Tendo em consideração os tempos excecionais que vivemos, a necessidade de salvaguarda da saúde pública dos açorianos e açorianas e de todo o povo português em geral e a incerteza quanto à manutenção das quarentenas obrigatórias na Região Autónoma dos Açores, a Santa Clara Açores, Futebol S.A.D em sequência das normas impostas pelo protocolo emitido pela DGS no passado dia 10 de maio, informa que, em devida articulação com a Liga Portugal, irá realizar os jogos em falta referentes à Liga NOS, na condição de visitado nas instalações da Cidade do Futebol, a qual funcionará como centro de estágio até ao final da presente temporada", explicou o Santa Clara.

O clube açoriano aproveita para agradecer "toda a disponibilidade, eficiência e solidariedade da FPF, em particular do seu presidente Fernando Gomes e do seu CEO Tiago Craveiro", assegurando que está pronto para retomar a prova, ainda que longe dos Açores. "Onde quer que joguemos levaremos sempre o povo açoriano nos nossos corações e a bandeira dos Açores ao peito, por um futebol português mais positivo", conclui o texto.

Assim, na 25ª jornada da I Liga, o Santa Clara, 9º classificado com 30 pontos, irá receber o Sporting de Braga, 3º classificado com 46 pontos, na Cidade do Futebol, em Oeiras, em data ainda a definir, presumivelmente no fim de semana de 30 e 31 de maio.

Nas últimas 10 jornadas da I Liga, o Santa Clara vai ser anfitrião de embates frente a Sporting de Braga, Portimonense, Marítimo, Desportivo das Aves e Vitória de Guimarães.

Resta saber, assim, em que condições é que o Marítimo, equipa da Madeira, irá disputar os últimos jogos da época.

Filipe Froes, o médico consultor da Liga: “Sou um defesa-direito sarrafeiro. Mal de nós se um vírus nos tirasse o futebol para sempre”

Filipe Froes é médico pneumologista, consultor da Direção-Geral de Saúde e, também, da Liga de Clubes, que está a ajudar <em>pro bono</em> (em conjunto com o também médico António Diniz) na elaboração dos planos de retoma da competição. Sem poder comentar diretamente o parecer técnico que deu origem às condições de regresso apresentadas, no domingo, pela FPF, o médico diz à <strong>Tribuna Expresso </strong>que "é normal" o primeiro rastreio detetar jogadores infetados e que o objetivo passou por minimizar o risco, porque "o risco não se consegue abolir"