Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Já há sítios para se jogar: nove estádios foram aprovados pela DGS

Os recintos do Benfica, FC Porto, Sporting, Braga, V. Guimarães, Marítimo, Tondela, Portimonense e da Cidade do Futebol são, para já, os que reúnem as condições definidas pela Direção-Geral de Saúde para receberem jogos quando a I Liga for retomada, a 4 de junho. No total, houve 15 estádios a candidatarem-se à vistoria da entidade

Tribuna Expresso

Julian Finney/Getty

Partilhar

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta terça-feira, que as vistorias realizadas por peritos da Direção-Geral de Saúde já deram o aval às condições de nove estádios para acolherem jogos da Liga NOS a partir de 4 de junho, data definida para o recomeço da competição.

São eles a Cidade do Futebol (onde Santa Clara e Belenenses SAD já anunciaram que vão realizar os seus jogos em casa), o Estádio D. Afonso Henriques (do V. Guimarães e onde o Moreirense também irá jogar), Estádio do Dragão (FC Porto), Estádio João Cardoso (Tondela), Estádio José Alvalade (Sporting), Estádio do Marítimo, Estádio Municipal de Braga, Estádio do Sport Lisboa e Benfica e o Portimão Estádio (Portimonense).

Há ainda outros seis recintos aos quais a DGS "indiciou um conjunto de correções" para que possam voltar a ser revistos e, possivelmente, aprovados - estádios Bonfim (V. Setúbal), Capital do Móvel (Paços de Ferreira), Cidade de Barcelos (Gil Vicente e Famalicão, que revelou a intenção de lá realizar os seus jogos), do Clube Desportivo das Aves, do Bessa (Boavista) e do Rio Ave.

Na segunda-feira, em entrevista ao programa "Bola Branca", da "Renascença", a diretora da Liga de Clubes, Sónia Carneiro, dissera que "as vistorias [estavam] a correr bem, os planos de contingência dos clubes foram apresentados e, até agora, sem mácula". Faltam disputar nove jornadas e 90 jogos no campeonato, que terão de ser realizados durante oito semanas, segundo as mesmas declarações da dirigente da entidade.