Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Liga faz queixa do incumprimento salarial do Aves

O Aves não demonstrou à Liga se cumpriu os compromissos salariais em março e abril e, por isso, o organismo remeteu o assunto para o Conselho de Disciplina da Federação, que poderá agora castigar o clube

tribuna expresso

Carlos Rodrigues

Partilhar

Quentin Beunardeau e Welinton Júnior já tinham rescindido contrato com o Aves, por salários em atraso e, agora, é a vez de ser a Liga a denunciar o clube, esta terça-feira à tarde, no seu site.

De acordo com a Liga, o Aves "não cumpriu a sua obrigação", no que diz respeito a março e abril, "de demonstrar a inexistência de dívidas salariais a jogadores e treinadores", pelo que "terminados os prazos regulamentares", que iam até 15 de maio, "a Liga Portugal remeteu o assunto para o Conselho de Disciplina da FPF".

Será então, agora, o Conselho de Disciplina a decidir o caso, sendo certo que o artigo 74 do Regulamento Disciplinar da Liga prevê castigos para as "infrações de natureza salarial": "Será punido com a sanção de subtração de pontos a fixar entre o mínimo de dois e o máximo de cinco pontos o clube que se encontre em mora relativamente a duas ou mais retribuições-base e compensações mensais previstas em contratos de trabalho e contratos de formação dos jogadores que integrem o plantel da época desportiva em curso e em contratos de trabalho com treinadores da equipa técnica com inscrição vigente na Liga Portugal e não a faça cessar mediante o devido pagamento no prazo de 10 dias a contar de notificação expressa da Direção Executiva da Liga para o efeito."

Recorde-se que o Aves ocupa a última posição da Liga, com 13 pontos. O Portimonense é penúltimo, com 19 pontos, e acima da linha de água está o Paços de Ferreira, com 25 pontos, os mesmos do Marítimo.

O comunicado da Liga

"A Liga Portugal informa que o CD Aves, Futebol SAD não cumpriu a sua obrigação de demonstrar a inexistência de dívidas salariais a jogadores e treinadores referentes aos meses de março e abril, com controle salarial até 15 de maio, ficando por executar o estabelecido no artigo 78.º A do Regulamento de Competições.

Terminados os prazos regulamentares, tendo em conta o que está determinado no artigo acima referido, e também nos artigos 74 e 14 do Regulamento Disciplinar da Liga Portugal, informa-se que a Liga Portugal remeteu o assunto para o Conselho de Disciplina da FPF."

Um ano depois: mais vale o proveito do que a fama, na pataleca e na Liga das Nações

A 9 de junho de 2019, precisamente há um ano, a seleção portuguesa voltou às conquistas, depois do Euro 2016, vencendo a novíssima Liga das Nações, no estádio do Dragão. Recorde a crónica da <strong>Tribuna Expresso</strong> de um jogo em que Portugal foi superior a uma Holanda pouco "laranja mecânica" e ganhou, com um golo de Gonçalo Guedes