Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Acha que é em Portugal que se assinalam mais penáltis? Pense melhor

A I Liga portuguesa de futebol é o sétimo campeonato da Europa com mais grandes penalidades e o terceiro com maior percentagem de sucesso (80,3%), segundo o relatório semanal do Observatório do Futebol

Lusa

PATRICIA DE MELO MOREIRA/Getty

Partilhar

A I Liga portuguesa de futebol é o sétimo campeonato da Europa com mais grandes penalidades e o terceiro com maior percentagem de sucesso (80,3%), segundo o relatório semanal do Observatório do Futebol.

Na comparação entre 35 campeonatos europeus, desde 2017/18, foram assinalados 289 castigos máximos em 837 jogos da I Liga, calculando uma frequência de um penálti em pouco menos de três jogos (a cada 261 minutos).

Este ‘ranking’ é liderado pela Liga polaca, na qual são assinaladas grandes penalidades em cada 230 minutos (318 em 814 jogos), à frente dos campeonatos de Ucrânia (207 em 531), Sérvia (311 em 806), Turquia (320 em 846), Roménia (265 em 732) e Itália (367 em 1.016).

É na Premier League que a frequência de penáltis é menor, sendo apenas assinalado um castigo máximo a cada 382 minutos (247 em 1.048).

Entre os ‘big 5’, a Bundesliga tem o mesmo número de grandes penalidades, mas em menos jogos, diminuindo o intervalo médio para 321 minutos, enquanto os campeonatos de Espanha (346 em 1.030) e França (355 em 1.039) apresentam médias semelhantes, com 268 e 262 minutos, respetivamente.

Já sobre a taxa de sucesso, a Croácia apresenta a melhor eficácia da marca colocada a 11 metros da baliza, com 81,9% de penáltis convertidos, num pódio que conta com os campeonatos de Holanda (81,7%), Portugal e Grécia (ambos com 80,3%).

O campeonato finlandês detém o pior registo, com apenas uma 65% das grandes penalidades convertidas em golo.