Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

A Liga deu o OK a André Moreira, mas a DGS ordenou que deixasse o banco do Belenenses SAD ao intervalo do jogo com o Moreirense

O guarda-redes suplente do Belenenses SAD estava no banco este sábado com autorização do consultor da Liga depois de três testes negativos à covid-19, mas Graça Freitas ordenou que o jogador saísse do campo. A Liga explica toda a situação

Tribuna Expresso

Gualter Fatia/Getty

Partilhar

André Moreira não esteve nos convocados do jogo do Belenenses SAD para o jogo com o FC Porto depois do positivo à covid-19 a outro guarda-redes da equipa, João Monteiro, mas este sábado, frente ao Moreirense, estava no banco sua equipa, depois de lhe ter sido dado o OK pelo consultor da Liga, o médico Filipe Froes, por ter tido três negativos em testes à covid-19.

Contudo, ao intervalo o jogador foi obrigado a sair do banco, com a Liga a explicar em comunicado que a tal aconteceu por ordem da DGS, já que o critério de contacto próximo e isolamento de 14 dias ainda não estava cumprido por André Moreira.

A Liga sublinha que "cumprirá sempre as orientações emanadas pelas autoridades de saúde perante situações não previstas no referido protocolo", como é o caso.

Leia aqui o comunicado integral da Liga:

"A Liga Portugal, através do seu consultor Dr. Filipe Froes efetuou durante toda a semana, em articulação com o departamento médico do Belenenses SAD, um acompanhamento à situação clínica do atleta André Moreira.

Tendo o referido jogador testado negativo ao SARS CoV-2, a 8, 9 e 10 de julho, e, em concordância com o Despacho da DGS, o Dr. Filipe Froes acabou por dar parecer positivo à convocatória do guarda-redes para o encontro desta noite entre o Belenenses SAD e o Moreirense FC.

Ao intervalo do encontro foi dada ordem ao atleta para se retirar do campo, por decisão da Autoridade de Saúde Nacional, a Dra. Graça Freitas, que confirmou o critério de contacto próximo e isolamento de 14 dias, ainda não cumpridos.

A retoma da Liga NOS tem sido marcada por um cumprimento exemplar do protocolo aprovado pela DGS e cumprirá sempre as orientações emanadas pelas autoridades de saúde perante situações não previstas no referido protocolo"