Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

ARS Norte confirma: plantel e equipa técnica do Chaves participaram num “jantar convívio” após casos positivos

Em comunicado, a Administração Regional de Saúde do Norte justifica, assim, o adiamento do jogo Feirense - Chaves à última hora

Pedro Candeias e Rui Gustavo

Partilhar

Em comunicado, a Autoridade Regional de Saúde do Norte confirmou uma notícia da Tribuna Expresso: o jogo Feirense - Chaves foi adiado depois da ARS local ter sabido de um jantar convívio em que participaram o plantel e a equipa técnica do clube transmontano após casos positivos - “um futebolista e dois elementos do staff” - à covid-19.

Depois, "em articulação, as Autoridades de Saúde Local, Regional e Nacional decidiram pela determinação de medidas cautelares que inviabilizavam a participação do referido clube no jogo do campeonato de futebol". O texto refere também que “esta decisão foi comunicada ao responsável médico do Grupo Desportivo de Chaves, pelas 19 horas desse mesmo dia [11 de setembro]”.

Este facto contraria a posição da Liga que se manifestou crítica relativamente à decisão da ARS. A entidade organizadora dos campeonatos profissionais (I e II ligas) de futebol realçou o facto de, protocolarmente, estar definido que os casos positivos devem ser isolados, mas não obstam à realização dos encontros.

Leia o comunicado na íntegra:

"No passado dia 10 de setembro, a Autoridade de Saúde do ACES Alto Tâmega e Barroso teve conhecimento de um caso positivo de COVID-19 em jogador do Grupo Desportivo de Chaves, tendo dado início aos procedimentos inerentes à intervenção de Saúde Pública, preconizados nas Orientações técnicas da Direção-Geral da Saúde, no âmbito da intervenção para prevenção e controlo da COVID-19, nomeadamente, a investigação epidemiológica, com a identificação dos contactos, a avaliação do risco da exposição e a determinação das medidas de saúde públicas necessárias e adequadas, em função da referida avaliação, em articulação com o responsável médico do referido clube.

Deu-se cumprimento ao plano de testagem pré-jogo, previsto no referencial conjunto da Direção-Geral da Saúde e da Federação Portuguesa de Futebol, tendo sido identificados mais três casos confirmados de COVID-19, no dia 11 de setembro (um jogador e dois elementos do staff técnico), tendo-se dado início a todos os procedimentos acima descritos, com a implementação das medidas de saúde pública ajustadas e proporcionais à avaliação de risco efetuada pela Autoridade de Saúde Local, em articulação com as Autoridades de Saúde Regional e Nacional.

Pelas 18 horas e 34 minutos do dia 11 de setembro, a Autoridade de Saúde Local tomou conhecimento que o plantel e respetiva equipa técnica participaram num jantar convívio, organizado pelo Grupo Desportivo de Chaves, em pleno período de infeciosidade dos casos confirmados identificados.

Em articulação, as Autoridades de Saúde Local, Regional e Nacional decidiram pela determinação de medidas cautelares que inviabilizavam a participação do referido clube no jogo do campeonato de futebol. Esta decisão foi comunicada ao responsável médico do Grupo Desportivo de Chaves, pelas 19 horas desse mesmo dia.

As Autoridades de Saúde continuarão a acompanhar a evolução desta situação e a desenvolver as medidas de Saúde Pública consideradas necessárias, em articulação com as entidades envolvidas".