Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Dois jogos da Taça de Portugal adiados devido a jogadores infetados com covid-19

A Federação Portuguesa de Futebol confirmou, este domingo, que o Vilafranquense-Sanjoanense e o Estoril Praia-Lusitano de Évora foram adiados para 9 de dezembro por causa de resultados positivos pelo coronavírus em jogadores das equipas visitantes, que competem no Campeonato de Portugal

Lusa

Partilhar

O jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal entre Vilafranquense, da II Liga, e Sanjoanense, do Campeonato da Portugal, foi adiado devido a vários casos com resultados positivos ao novo coronavírus na equipa do Campeonato de Portugal. O mesmo aconteceu com o Estoril Praia-Lusitano de Évora.

Vilafranquense e Sanjoanense deram conta do adiamento em comunicado, tendo a formação de São João da Madeira esclarecido que "assim que tomou conhecimento dos resultados, o clube deu sequência ao plano de contingência, tendo informado de pronto a Direção-Geral da Saúde (DGS), a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e a UD Vilafranquense".

O adiamento do outro encontro foi anunciado pela Federação Portuguesa de Futebol pelo mesmo motivo, com ambos os jogos a serem adiados para 9 de dezembro. "O UD Vilafranquense-AD Sanjoanense será disputado às 18h00 e o Estoril Praia-Lusitano Ginásio [também conhecido por Lusitano de Évora] jogar-se-á às 21h00", informa a FPF em relação ao horário dos jogos na nova data.

Antes, o Lusitano Évora tinha justificado que o jogo foi cancelado por terem sido "confirmados dois casos positivos" no plantel e que as medidas impedem também a realização do jogo de 29 de novembro com o Vitória de Setúbal, para o Campeonato de Portugal.

A pandemia de Covid-19 provocou pelo menos 1.381.915 mortos resultantes de mais de 58,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.