Tribuna Expresso

Perfil

Futebol nacional

Ricardo Soares: "Em 13 dias é o 5.º jogo que o Gil faz e isso foi determinante. Pela 1.ª parte, penso que merecíamos mais"

Treinador do Gil Vicente acredita que a derrota frente ao Sporting é injusta e que a condição física foi essencial na 2.ª parte

Tribuna Expresso

JOSE COELHO

Partilhar

O jogo

“Fizemos uma excelente 1.ª parte, sabíamos que o Sporting fazia muito bem o apoio para atacar a profundidade e jogámos alto, mas com critério. Sabíamos que se retirássemos a profundidade o Sporting ia tentar jogar por dentro e diminuímos o espaço entre linhas e conquistámos muitas bolas, muitos contra-ataques e num deles fizemos golo, até podíamos ter feito mais. Na 2.ª parte faltou-nos frescura física. Em 13 dias é o 5.º jogo que o Gil faz e isso foi determinante, tal como a qualidade do Sporting, que nos causou muitos problemas nas bolas paradas”

Mudança no jogo

“Não baixámos por estratégia. Foi pela qualidade do Sporting, com a entrada do Daniel Bragança e do João Mário fez uma circulação mais rápida, fluída. O nosso relvado permitiu essa circulação. A nossa capacidade de pressão falhou por falta de frescura física. O Sporting ganhou muitas bolas paradas, muitas faltas esquisitas e cantos e acabaram por vencer, na minha opinião injustamente”

Resultado injusto

“Sem fugir do nosso ADN e ficou patente principalmente na 1.ª parte na forma como evoluímos em campo. Os meus jogadores estão de parabéns, fizeram um jogo extraordinário. Se estivesse o Nogueira era ele que jogava, não tendo centrais, entendi senti que devíamos fechar a largura do Sporting. Pena não termos levado pontos, porque pela forma como os meus jogadores trabalharam, lutaram e principalmente pela 1.ª parte eu penso que nós merecíamos mais”